Ayra Consultoria

VPC: Construindo a Proposta de Valor do seu Negócio

Hoje nós vamos falar sobre a ferramenta VPC. Isso porque um empreendedor sempre acredita na proposta de valor do seu próprio produto.

Porém, muitas vezes, ele não sabe apresentar sua ideia de modo que ela seja, ao mesmo tempo, compreendida pelo público e única no mercado. Contudo, você pode solucionar isso construindo a proposta de valor do seu negócio.  Para isso, existe a VPC (Value Proposition Canvas), uma ferramenta que auxilia na jornada de valorização e divulgação da sua marca.

Então, para utilizá-la, precisamos entender como ela funciona! 

 

Canvas, Proposta de Valor e Perfil do Cliente
Value Preposition Canvas (VPC)

 

        Primeiramente, precisamos entender o conceito da ferramenta VPC. Conhecido em português como Proposta de Valor do Canvas (ou Valor Percebido pelo Cliente), o VPC permite construir uma Proposta de Valor a ser oferecida. Por meio de uma análise minuciosa, a ferramenta permite compreender a relação entre o Perfil do Cliente e os Criadores de Ganho do produto. 

        Essa análise é feita revistando os segmentos de Proposição de Valores e de Segmento de Clientes, presentes na elaboração da Canvas. Por sua vez, esta é uma ferramenta que descreve detalhadamente todas as características de um negócio. Então, é organizado um esquema visual que une esses dois aspectos, gerando o VPC.

        O VPC é formado por dois segmentos. O primeiro é o Perfil do Cliente, que analisa as demandas do consumidor. O segundo é o Criadores de Ganho, que compreende como as características do produto podem solucionar as vontades do público-alvo.

Dica: uma forma de otimizar a elaboração da ferramenta, é criar um VPC para cada Buyer Persona de seu público.

 

Perfil do Cliente 

        O Perfil do Cliente é a esfera no lado direito do VPC. Esta região é dedicada à compreensão das características das Buyer Personas. Ou seja, usada para entender quais são os desejos e necessidades dos clientes ideais.

        Essa esfera é dividida em três seções: Tarefas do Cliente, Ganhos e Dores.

        A parte de Tarefas do Cliente tem como função esclarecer objetivo do cliente. Isto é, descrever o que ele precisa ou quer realizar. Portanto, devem ser listadas as tarefas do consumidor que podem ser relacionadas de alguma forma com a sua marca. (Outra dica: de início, muitas vezes não sabemos quais podem ou não ter relação com o produto. Nesse caso, coloque todas as tarefas que conseguir encontrar. Então, só quando estiver com todas as seções completas, comece a alinhar uma com a outra).

        A seção de Dores é dedicada a listar todos os empecilhos que prejudicam o cliente na realização de suas tarefas. Devem ser descritos todos os obstáculos, chateações ou riscos que o consumidor pode encontrar ao tentar executar o que deseja.

        A seção de Ganhos é a última do lado direito. Por sua vez, procura esclarecer todos os resultados positivos que o cliente pode receber ao realizar sua tarefa. Esses resultados podem ser tanto benefícios já esperados pelo cliente como fatores que superam de forma agradável suas expectativas.

        Assim, o lado direito fica visualmente concluído.

 

Perfil do Cliente que vem do Seguimento do Cliente do Canvas
Perfil do Cliente

Criadores de Ganho 

        O lado esquerdo é a parte de Criadores de Ganho do VPC. Nele o objetivo é iniciar a criação do valor que será entregue. Fazemos isso visando oferecer o que o cliente espera. De preferência, tentamos unir isso a um diferencial que só a sua marca possui.  Para fazer isso de uma forma eficiente, é necessário compreender como o seu produto se encaixa do cotidiano do cliente. Assim, enxergar quais ganhos vai gerar e quais dores vai solucionar.

        Por isso, o lado esquerdo, é dividido em três seções: Produtos e Serviços, Analgésicos e Criadores de Ganhos.

        Na seção de Produtos e Serviços, são descritos as  atividades ou itens que você irá entregar aos clientes. O que for encaixado nessa parte deve ser compatível com as tarefas apontadas. Afinal, desse modo poderá ser útil para a vida do consumidor.

        A parte Analgésicos tem como intuito listar todas as competências do seu produto. Elas precisam ser capazes de sanar, diminuir ou compensar as dores dos clientes de alguma forma. Por isso, devem estar alinhadas a parte de Dores do lado direito.

        Por fim, a seção dos Criadores de Ganhos deve apontar como sua empresa pode superar os desejos dos clientes. Você precisa enumerar quais benefícios oferece que podem se encaixar nas expectativas do cliente ou, melhor ainda, surpreendê-lo. Assim, é necessário que seja compatível a parte de Ganhos do Perfil do Cliente.

        Assim, o lado esquerdo fica visualmente concluído.

 

Criadores de Ganho do VPC - Proposta de Valor do Canvas
Criadores de Ganho

 

 

A sua Proposta de Valor

        Elaborados os dois lados do VPC da sua empresa, você pode definir a proposta de valor dos produtos ou serviços que irá oferecer. Para isso, deve sintetizar, com base no que observou até então,  de que forma sua marca vai impactar a vida do cliente. Dessa forma, o esquema do VPC fica elaborado da seguinte forma:

 

      

Proposta de Valor do VPC (Value Propositon Canvas)
Proposta de Valor

 

        A proposta deve ser compreendida como um conceito fundamental para o desenvolvimento de suas estratégias de marketing. Ela pode aparecer nelas de forma implícita ou explícita. Assim, você pode sintetizar sua proposta de valor em uma frase ou ideia e apresentá-la aos clientes.

 

        O VPC é uma das ferramenta que nós usamos em nossos Planos de Marketing e Planos de Marketing Digital, na hora de de realizarmos a estruturação de identidade da marca de nossos clientes. Assim, aliada a outras ferramentas, ela pode alavancar intensamente os efeitos das estratégias de marketing. Ficou interessado no nosso trabalho? Faça seu orçamento aqui!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *