Ayra Consultoria

Como superar o impacto que o coronavírus pode ter nas suas vendas da Páscoa?

Que o avanço do coronavírus vai impactar as vendas é um fato. Mas quais são as práticas que você, empreendedor, pode fazer hoje para que seu negócio seja o mínimo afetado possível durante a Páscoa? A Ayra vai te ajudar a responder a simples pergunta: O que eu posso fazer hoje para vencer essa crise?

Confira abaixo algumas dicas para te ajudar a manter as vendas na Páscoa:

1 – Implemente seu sistema de delivery

Você não pode parar, logo, a solução que tem o efeito mais imediato é a implementação de um sistema de delivery para os seus produtos, principalmente durante a Páscoa. Com as restrições de isolamento social que são recomendadas para frear a contaminação desse novo vírus, inverteu-se a lógica do consumidor ir até a loja física fazer a compra. Nesse sentido, alguns aplicativos de entrega e lojas de e-commerce ganham força. O Rappi, por exemplo, analisa um crescimento de aproximadamente 30% no número de pedidos em toda a América Latina nesses dois primeiros meses de 2020, quando comparado com os últimos meses de 2019.

Além disso, é válido inserir o seu produto dentro de outros canais de venda e atendimento ao consumidor, como WhatsApp Business e e-commerce de modo que facilite ao máximo a vida do cliente e atenda às suas principais demandas do mesmo.

2 – Melhore o seu produto ou serviço

Uma das maneiras de se destacar diante da concorrência é ser o melhor no segmento. Portanto, este é um momento de não poupar esforços em criar uma nova versão do seu produto, otimizar algum processo da sua empresa ou melhorar o atendimento ao cliente. São inúmeras oportunidades de se desenvolver e procurar o seu oceano azul no mercado.

Outro ponto fundamental é dedicar a capacitação da sua equipe com novos cursos que melhorem o produto ou o atendimento ao consumidor. Desde cursos mais básicos, como Excel, para melhorar as atividades do dia a dia, até ferramentas mais avançadas, como Power BI, e até mesmo habilidades interpessoais de comunicação e vendas. Com a equipe mais capacitada, a empresa estará mais preparada para superar os novos desafios que estão por vir.

Além disso, é a hora de rever a cadeia de processos da sua empresa. Identificar e priorizar quais são as atividades-chave, ou seja, aquelas que são essenciais para o funcionamento e entrega do produto final. Com isso, é também uma forma de reduzir custos, uma vez que você consegue cortar etapas que, além de otimizar o tempo, cortam gastos, o que vem a ser essencial em tempos de crise.

3 – Crie vantagens para fidelizar os seus clientes

Manter o seu cliente ativo dentro da sua empresa é uma das tarefas mais difíceis para quem trabalha com vendas. Portanto, estratégias de fidelização são extremamente necessárias em qualquer época do ano, mas, diante deste cenário, se fazem ainda mais importante.

Com a montagem de uma nova logística, vender para o mesmo cliente ou focar em um bairro próximo a você se torna essencial no custo operacional das entregas. Por isso, uma dica valiosa é pensar em planos de fidelidade com descontos acumulativos, brindes e facilidades de compra. O que gera mais valor dentro do seu produto e provoca a maior satisfação do seu cliente.

Uma alternativa básica que quase todos os empreendedores estão adotando é a redução do preço dos seus produtos, de modo que cubram parte dos custos, sejam eles fixos ou variáveis. Nesse aspecto, um plano de fidelidade provoca, além da compra imediata, que o cliente permaneça com você além dessa crise.

4 – Posicione e fortaleça a sua marca

Outra estratégia fundamental neste momento é o fortalecimento da marca da sua empresa. O isolamento social causado pelo coronavírus aumentou o consumo de internet no Brasil e no mundo. O IX.br, projeto do Comitê Gestor da Internet no Brasil, relata que o consumo cresceu nessa pandemia e alterou o perfil de consumo, que hoje tem o seu crescimento ao passar do dia, com o ápice à noite. Na Itália, outro exemplo de país afetado, houve um aumento de tráfego de cerca de 40%. Portanto, o número de pessoas nos meios digitais é amplamente maior, logo, é tempo para se inserir nas redes sociais, caso ainda não esteja, e de rever suas estratégias para reposicionar a sua marca.

Em um estudo recente, o Project Instagram da Ipsos revela que 85 % das pessoas usam o Instagram para descobrir novos produtos ou serviços no Brasil. Sendo assim, uma estratégia é gerar um bom fluxo de pessoas nos seus canais de comunicação de modo que gere conteúdo e valor para que voltem assim que a crise passar. Em outras palavras, aproveite este tempo para conseguir captar mais contatos de possíveis clientes para que, após a crise, apresente proposta do seu serviço/produto.

5 – Reinvente-se

Por fim, além de todos os pontos negativos que a crise nos traz, ela se mostra também como uma oportunidade de renovação do seu empreendimento. É tempo para questionar o modelo de negócio escolhido e perceber quais são as suas falhas. Além disso, rever a proposta de valor e gastos que poderiam ser cortados há muito mais tempo, porém, só foram perceptíveis agora.

A Páscoa é a primeira grande festa do ano para o comércio, mas, em 2020, será um ponto fora da curva. Desse modo, ela servirá de parâmetro em como será o desempenho de vendas no Dia das Mães e no restante do ano. Ou seja, é um momento exato para refletir se você está realmente atendendo o que o seu cliente procura. E, assim, trabalhar para trazer constantes inovações para a sua empresa a fim de que ela se torne cada vez mais competitiva no mercado.

 

Essas foram algumas dicas para ajudar você a enfrentar os impactos da pandemia da Covid-19 principalmente durante a Páscoa. Continue acompanhando as nossas redes sociais para aprender mais sobre como manter o seu empreendimento cada vez mais atualizado diante das inovações do mercado. Entre em contato com a gente, agende um diagnóstico gratuito e veja a melhor solução personalizada para o seu negócio.

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *