Ayra Consultoria

Canvas: a melhor maneira de tirar seu Negócio do papel

Abrir um novo negócio não é uma tarefa fácil, pois exige tempo e preparação. O primeiro passo é decidir qual será seu empreendimento, o que te move dentro dele e o que te apaixona. Ao fazer aquilo que gosta, é mais fácil inovar e alcançar o sucesso. Você já conseguiu responder essas questões? Se sim, então está na hora de tirar o seu negócio do papel através do Canvas!

Após decidir o que você irá fazer, é preciso pensar: “Qual será meu público-alvo? Como colocarei em prática? Quais serão meus custos?”. O Canvas é a ferramenta que irá te ajudar a sanar essas dúvidas. Extremamente visual e auto explicativo, além de simples, facilitará com que alcance informações enriquecedoras para um negócio promissor.

Se você não a conhece, aqui está a ferramenta:

 

Representação do Canvas

A primeira dica é sempre deixar esse quadro por perto, já que a visualização fará com que não se esqueça dos pontos fundamentais do seu negócio. Vamos ver abaixo a funcionalidade de cada segmento do Canvas:

 

O Que?

Como dito anteriormente, essa é a primeira pergunta que você deverá responder. Qual será seu produto ou o serviço prestado? Mas o mais importante: Como esse produto ou serviço se diferenciará dentro do mercado?

Atrás do entregável, seu negócio deverá fornecer algo a mais para o seu consumidor. Todas suas ideias, valores e objetivos deverão compor a Proposta de Valor. Além de definir em uma frase qual é esse valor, é fundamental que seja seguido de maneira exata.  Dessa forma, passará credibilidade ao cumprir o que foi proposto.

Assim, ficará claro qual é seu diferencial. Esse é o ponto para enriquecer a relação com seu cliente.

 

Para Quem?

Não à toa, o próximo tópico é definir qual o seu Segmento de Clientes, para saber exatamente com quem irá se relacionar e qual a maneira mais adequada. É muito importante pesquisar qual o perfil deles. Quanto mais informações conseguir obter, melhor será para o seu negócio.  Esses são alguns dos dados fundamentais:

  • Sexo
  • Idade
  • Área em que trabalha
  • O que ele gosta de fazer em seu tempo livre

Dica: uma ótima forma de mapear é por meio de uma pesquisa de público-alvo.

Tendo isso em mente, você deverá estabelecer quais os Canais de contato, levando em consideração o perfil analisado anteriormente. Esses canais podem ser redes sociais, panfletos, outdoor, entre outros meios que atinjam seu público.

 

Como?

O próximo passo do Canvas é pensar na parte mais prática. Quais as Atividades-chave que você deverá realizar? A indicação é de que você liste essas atividades, o que garantirá uma facilidade para que todas sejam realizadas e não haja falhas no seu negócio. Essas atividades podem ser de planejamento, produção ou realização de serviço e até mesmo o contato com o cliente, tudo dependerá do tipo do seu negócio.

Também é recomendável uma lista sobre os Recursos-chave para o funcionamento, sendo eles:

  • Físicos
  • Intelectuais
  • Humanos
  • Financeiros

Por fim, é necessário pesquisar quais serão seus Fornecedores e Parceiros. Com os Recursos definidos, você deverá buscar possíveis Fornecedores, que cobrarão pelos serviços ou produtos prestados, os quais serão essenciais para o funcionamento.

Já os Parceiros serão os seus aliados nessa jornada. A troca de serviços, de produtos e divulgações são sempre bem-vindas. Além desse auxílio mútuo, é possível também agregar valor ao seu negócio, visto que é uma forma de recomendação.

Dica: lembre-se que é impossível manter-se dentro do mercado sozinho.

 

Quanto?

Após pensar em todas essas informações, você deverá analisar criticamente quais serão seus Custos e Receitas, pois é essencial para a saúde financeira do negócio. Com a definição dos Recursos e Atividades, torna-se mais fácil definir quais serão seus Custos, já que servirão de base. Esses serão seus custos fixos, então sempre os tenha em mente. Utilizar ferramentas e planilhas auxiliará tanto na visualização e controle. Porém, não se esqueça que imprevistos podem acontecer e o custo seja maior em determinado mês, então sempre trabalhe com essa possibilidade.

Já as Receitas devem levar em consideração dois pontos principais: os Custos e o Segmento de Clientes. Para delimitar o preço de seu produto ou serviço, é preciso se basear em todos os gastos que terá. Mas você deverá sempre se questionar: o meu público-alvo tem condições de pagar por esse preço? Caso a resposta seja negativa, você deverá reavaliar o modelo montado para o seu negócio.

 

O Canvas é a ferramenta principal que nós utilizamos em nosso Modelo de Negócios, fundamental para quem quer abrir um novo empreendimento ou reestruturar um já existente. Aliada a outras ferramentas, ela pode alavancar intensamente as suas vendas. Ficou interessado em tirar sua ideia do papel e transformar seu sonho em realidade? Entre em contato com a gente hoje mesmo!

 

 

 

Informações retiradas de https://bibliotecas.sebrae.com.br/chronus/ARQUIVOS_CHRONUS/bds/bds.nsf/be606c09f2e9502c51b09634badd2821/$File/4439.pdf.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *